há esperança para a Igreja em Cristo!

 

Tenho alguns objetivos nesta breve reflexão bíblico-teológica:

  • Apresentar a essência da mensagem do Evangelho de forma clara e precisa às pessoas, para que tenham uma compreensão bíblica Cristocêntrica (focada na Pessoa e Obra de Cristo)!
  • Refletir sobre situações concretas (vida cotidiana) nas quais podemser percebidas claramente que a Palavra de Deus é real, nas dificuldades ou traumas pessoais, na vida familiar, na vida escolar ou em outras situações que possamos mencionar. Ao falarmos do Evangelho de Cristo, contido nas Escrituras, é sempre interessante uma atitude de diálogo interpessoal (olho no olho) sobre como o texto bíblico se faz presente (ou não) em nossas vidas…

 

A essência do Evangelho de Cristo está presente em todos os textos preservados biblicamente, e, o texto de Apocalipse não é uma exceção a este princípio hermenêutico. Apocalipse é um livro que fala da vitória do Cordeiro de Deus (Cristo) e da inclusão do Seu povo como participantes e celebrantes desta vitória! O propósito deste livro é revelar e transmitir uma mensagem de conforto e consolo a Igreja Cristã, baseados na vitória conquistada pela Pessoa e Obra de Cristo! Apocalipse é a revelação de vitória dada e da esperança inoculada naqueles que foram convencidos pelo Espírito quanto à obra do Cordeiro de Deus (João 1:29)!

A temática teológica central do livro está fundamentada na vitória de Cristo sobre o sistema do anti-Cristo e as suas forças operantes neste mundo. Os primeiros cristãos viviam em meio às desesperanças e os sofrimentos causados por perseguições arquitetadas pelo sistema mundial contrário à Obra do Cordeiro. A morte dos cristãos era preciosa aos olhos de Deus e a sua vitória pelos méritos de Cristo certamente estava garantida (Apocalipse 15:2,3)!

A mensagem no Apocalipse nos impele a dizermos como os nossos irmãos morávios em 1727: “Vincit Agnus Noster. Eum Sequamur” (O nosso Cordeiro venceu! Vamos seguí-Lo)! Muitas pessoas acham que Apocalipse é um livro muito enigmático e difícil de ser entendido corretamente. Isto não é verdade. Trata-se de um tipo de literatura muito conhecido na antiguidade e foi escrito utilizando-se de muitas figuras de linguagem por conta do contexto da época (perseguição constante aos que pertenciam à Verdade) e por ser esta uma linguagem de fácil comunicação e entendimento para a igreja de Cristo!

Os capítulos 4 e 5 da revelação profética de Apocalipse descrevem o grandioso cenário da “adoração universal ao Cordeiro Exaltado”! É a visão do Trono que governa o Universo através do Seu Rei Eterno! É para que a Igreja de Cristo se prostre e contemple em adoração Àquele que é O Rei dos Reis. Estes capítulos contém o precioso ensino de que o controle da história universal está nas mãos do Cordeiro que está assentado no trono!

Sempre que na história a Igreja é fiel ao seu chamamento e dá testemunho da Verdade, as tribulações virão com toda a certeza. A Igreja está no mundo e sofre juntamente com ele. Aos filhos de Deus não é prometida uma escapatória dos sofrimentos humanos (horrores da guerra, fome e pestilências). Porém, lhes é assegurada uma “viva esperança” que está acima das circunstâncias terrenais. A Igreja necessita das tribulações para experimentar o antagonismo deste mundo e o seu lugar, identificada com as aflições do Cordeiro.

Apocalipse 4 e 5 dão a unidade teológica a todo o livro. Ensinam que o centro do universo é o trono do Cordeiro! A revelação bíblica é totalmente Teocêntrica (centralizada na Trindade: Pai, Filho e Espírito)! O Apocalipse é o “ápice” e o “capítulo final” de toda a revelação Teocêntrica! A única e mente ou vontade que comanda o Universo é a Divina! Portanto, diante de tal revelação, toda a Criação e Criaturas Humanas só têm uma reação possível: a Adoração ao Cordeiro que se assenta no trono! A segurança da Igreja de Cristo repousa sobre a Vitória do Cordeiro! Por este fato, “a Igreja de Cristo já nasceu crucificada” (J. Moltmann)!

Maurício,

n’Ele que é a Eterna Palavra e Verdade.

Anúncios

2 comentários sobre “há esperança para a Igreja em Cristo!

  1. A esperança é escatológica e a eclesiologia não pode deixar de apresentar a Igreja e o futuro de Deus na perspectiva do Reino do Cordeiro! Eis que faço nova todas as coisas: essa é a esperança eclesiológica escatológica! Excelente texto, meu amigo! Um grande abraço! Adriano Neto

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s